O Espaço Maker ou Makerspace como alternativa de ambiente para ensino de ciências, tecnologia, engenharia e matemática.

 15/06/2021

Os espaços makers, ou makerspaces, são um dos novos tipos de ambientes de inovação que apareceram na realidade atual da escola, e as pessoas que ali trabalham, são chamadas de makers.

A extensão que abrange os espaços makers é denominada de Movimento Maker, que por sua vez está inserido dentro do que chamamos hoje de Cultura Maker.

Existem dois critérios básicos, acordados entre diversos estudiosos do assunto, para um espaço ser denominado de espaço maker:

  1. Exercer formas de liderança do espaço, baseadas no trabalho comunitário e na aprendizagem colaborativa.
  2. Utilizar tecnologias de fabricação locais, dentro da realidade de cada escola ou ambiente.

Esta nova cultura moderna do faça você mesmo, tem em sua base a ideia de que pessoas comuns podem construir, consertar, modificar e fabricar os mais diversos tipos de objetos e projetos com suas próprias mãos, os espaços maker são o ambiente para tudo isso acontecer.

 

Como o espaço maker funciona?

 

Os espaços makers podem ser de qualquer formato, o que o define não são as máquinas e gadgets instalados no espaço, e sim, o que se pode fazer dentro desse espaço.

É claro que existem alguns mobiliários, máquinas e ferramentas que podem favorecer muito, atividades como:

  • Aprendizagem, colaboração e compartilhamento de conhecimento, por meio de elaborações práticas.
  • Apresentações, cursos e palestras, gravações de vídeos curtos.
  • Atividades sociais envolvendo a comunidade, cursos que envolvam habilidades de um maker.
  • Trabalho em pequenos projetos com a cultura do faça você mesmo com os alunos e frequentadores do espaço.
  • Desenvolvimento de projetos de hardware livre; software livre; arte (arte cibernética); jogos ou animações digitais.
  • Confecção de pequenos materiais e assessórios que podem auxiliar e facilitar ações cotidianas.

Podemos falar que o espaço maker é aquele ambiente dos sonhos para quem quer por a mão na massa, junto com outras pessoas, ou makers!

Esse ambiente deve ser convidativo a todas as classes sociais, nesse sentido, trabalhar formas de conserto, reuso e reutilização é uma ótima forma de trazer os conceitos makers de maneira que façam sentido para o dia-a-dia das pessoas em nosso país. 

Quem cuida do espaço maker no ambiente escolar?

Os espaços makers normalmente possuem uma equipe de voluntários compostos pela comunidade ou estudantes preparados para intermediarem makers, eles auxiliam os makers com as tarefas e compartilham suas experiências e conhecimentos a todo tempo, mesmo que sejam de áreas muito distintas.

Em diversas escolas, atualmente em mais de 22 estados brasileiros, voluntários, professores e alunos trabalham juntos para a formação destes espaços dentro da escola, por isso a capacitação de professores para a cultura maker é também de vital importância para a continuidade desta cultura no ambiente escolar.

Que ferramentas são utilizadas num espaço maker?

Quanto as ferramentas de um espaço maker, normalmente há uma mistura entre equipamentos de alta e baixa tecnologia.

As máquinas mais comuns de se encontrar em espaço maker são: Impressora 3D, Cortadora Laser, Scanner 3D, Cortadora de Vinil, entre outras.

E quanto as ferramentas de baixa tecnologia, normalmente se encontram os materiais de papelaria, marcenaria e/ou, ainda, costura. Todos esses equipamentos ficam expostos para que os usuários saibam o que possuem a sua disposição.

Além disso, a mobília do espaço é também algo que auxilia na montagem dos equipamentos e na maneira como as peças e ferramentas serão alocadas no espaço, assim como auxiliem a compor um espaço que favoreça a cultura da criação, isso inclui banquetas, bancadas e gavetas espaçosas, mesas que permitam novos formatos de ensino e aprendizagem.

A Rúpolo Móveis Escolares está atenta às necessidades de mobília para a montagem de um espaço maker, por isso, atualizamos nosso catálogo constantemente para favorecer a criação deste ambiente. Você já conhece o Espaço Maker da Rúpolo?

Desenvolvimento e criação com diversão

 

O makerspace é um espaço em que o desenvolvimento e criação são também um ato de diversão, de aprendizagem autônoma, de incentivo à curiosidade e de criação compromissada com a cultura do trabalho compartilhado, por isso, pode ser criado em qualquer fase do ensino, desde os mais pequenos até nas universidades e cursos técnicos.

 

É um espaço de superação do modelo tradicional de aulas, onde tecnologia estava separada da arte e da criação, para ser um espaço onde a vontade de conhecer e de superar desafios é presente, ou seja, um lugar onde toda pessoa possa aprender a criar com o uso das tecnologias.

 

O primeiro desafio para se tornar um maker é pôr a mão na massa, no caso dos professores, é importante a proposição de novas possibilidades para serem utilizadas neste espaço, no caso dos gestores, compreenderem que a montagem deste espaço pode possibilitar situações incríveis de aprendizado.

 

Esperamos que essa leitura tenha de alguma forma incentivado sua vontade de criar e fazer novas descobertas, e ressaltamos que espaços como este já são uma realidade na educação, e só tendem a crescer ainda mais.

 

Uma ótima semana, agradecemos pelo seu tempo. Continue acompanhando nossas postagens sobre o universo da Cultura Maker.

 

Até breve.

 

 

https://rupolomoveis.com.br/

#educação #educação4.0 #educacao #gestaoeducacional #projetos #metodologias #inovação #rupolomoveis #espaçomaker #culturamaker #makrspace

 

 

Curta Nossa Página

Dúvidas e orçamentos ?


Nosso Endereço

Rua Tiradentes, 371 - Centro, Espírito Santo do Pinhal - SP
CEP: 13990-000

Olá, posso ajudar?