Como voltar novamente às escolas

 22/03/2021

Hoje, uma das principais dúvidas dos administradores escolares é quando voltar os alunos novamente no local de sua instituição e como fazê-lo com segurança. O coronavírus mudou a forma de educação, fazendo com que os gerentes, educadores, alunos, funcionários e fornecedores - enfrentássemos o desafio de repensar a forma como aprendemos e nosso ambiente de ensino. Estamos tentando reunir algumas informações aqui para ajudar a planejar escolas e universidades. Inicialmente, as instituições de ensino tiveram que suspender todas as atividades em sala de aula e encontrar maneiras de não interromper as atividades acadêmicas dos alunos. Os usuários que estabeleceram uma plataforma de ensino a distância podem estender seu uso a todos os alunos, de forma que a maioria das atividades esteja em andamento. Outros devem implementar softwares como Zoom, Google Classroom, Microsoft Teams, Discord, etc. do zero. Os educadores receberam treinamento, aprenderam a usar novas ferramentas e passaram um período de adaptação com os alunos. A aceitação ágil deste novo ambiente e ação rápida são essenciais para reduzir as interrupções no processo de aprendizado contínuo. Com a retomada das atividades presenciais, a principal preocupação dos gestores será manter um ambiente seguro para alunos, educadores e funcionários. As instituições podem definir horários para reduzir a circulação nas instalações, estabelecer uma combinação de educação presencial e à distância e alterar os espaços físicos para garantir a distância entre os alunos, reduzindo assim a propagação de doenças. As medidas tomadas devem ser constantemente revisadas para acompanhar as novas informações sobre o comportamento da COVID-19 apontadas pelos cientistas para tornar o meio ambiente cada vez mais seguro. A reabertura da escola não só permitiu a retomada pessoal dos estudos, mas também apoiou pais e responsáveis que retornaram ao trabalho ou nem pararam de trabalhar. No entanto, ainda existem muitas incertezas na reabertura. Para garantir a segurança dos alunos, educadores e funcionários, tudo será diferente das salas de aula aos locais públicos. Quanto mais cedo à instituição se adaptar, mais eles podem se beneficiar com o retorno ao ambiente acadêmico, o que beneficiará os alunos.

O período de gastos sociais excessivos deve revelar o potencial de novas experiências educacionais, recriando, assim, a possibilidade de espaço físico em sala de aula. Os educadores poderão avaliar pessoalmente ou online quais atividades são mais adequadas para a aplicação, e o espaço deverá ser ajustado de acordo com cada necessidade. As instituições educacionais que investem em uma plataforma de ensino híbrida forte terão mais sucesso, enquanto as que estão muito próximas do passado muitas vezes não se destacam. Para isso fazemos esta pergunta: Como aplicar esses conceitos em sua organização?

Para a direção e gestão

 A adaptação à nova realidade do ambiente educacional pressionará gestores, educadores, alunos e pais, sendo necessário aperfeiçoar recursos e tecnologia para alcançar os resultados desejados. O desafio é retomar atividades que proporcionem um ambiente seguro, a solução está em um planejamento cuidadoso antes da reabertura, que deve contemplar:

Formar uma equipe multidisciplinar para tratar das questões de saúde e segurança, tais como: espaço físico, protocolos de comunicação, saneamento e desinfecção, equipamentos de proteção individual, etc. A equipe deve definir o convênio e coordenar sua execução, para então enviar alunos e professores para participarem das reuniões diárias de acompanhamento e adequação.

Desenvolver novos protocolos para o campus, incluindo: triagem de sintomas e temperatura; medidas a serem tomadas se alguém apresentar sintomas; mudanças no horário de funcionamento de lanchonetes, restaurantes e áreas públicas, etc.

Desenvolva um novo plano de limpeza, que deve incluir: métodos de limpeza e desinfecção contínuos; controle de estoque de materiais como sabão, sprays desinfetantes, desinfetantes para as mãos, etc.; Limpeza completa antes que a instituição seja reaberta ou encontrada no ambiente sob quaisquer circunstâncias. É o melhor É realizado por terceiros usando equipamentos e materiais mais ofensivos, os alunos são incentivados a limpar suas mesas. Os critérios para determinar o uso de equipamentos de proteção individual incluem: diretrizes claras sobre quais equipamentos devem ser usados por alunos, professores e funcionários de acordo com a atividade ; garantir o fornecimento de equipamentos; nomeação de profissionais para monitorar as políticas adotadas; fornecimento de máscaras, entre outros. Use indicadores para avaliar a eficácia do acordo implementado. Realize uma revisão permanente para atualizar o protocolo a partir de dados científicos e aprender como lidar de forma eficaz com esse patógeno e quaisquer pandemias futuras.

A sala de aula

É o melhor lugar para aprimorar o aprendizado e as pessoas estão ansiosas para voltar às aulas presenciais. Para que alunos, educadores e funcionários retornem ao ambiente acadêmico com confiança, é importante considerar os seguintes fatores:

  • Ajuste do número de alunos por metro quadrado;
  • Ajuste do número de alunos por metro quadrado;
  • Ajuste do número de alunos por metro quadrado. Mudanças no layout dos móveis, o uso de divisórias e barreiras entre os alunos e orientações de higiene e segurança. As principais medidas são:

Limite o número de alunos em cada turma, sendo que a menor distância não deve ultrapassar 2 metros, o que significa que o layout precisa ser repensado. Em salas com mesas separadas, podem ser separadas umas das outras, os móveis empilháveis são ideais para liberar espaço, enquanto em salas com mesas duplas, outra opção é manter um espaço em branco entre cada aluno. Reduza ou elimine o compartilhamento de mesa. Mude a direção da mesa para evitar o contato face a face. Use as partições anexadas à mesa para aumentar as barreiras físicas à difusão. Em um ambiente onde a distância de 2 metros não pode ser mantida, use a partição mais alta possível.

Use software para programar um sistema de ensino híbrido para conectar educadores e alunos na sala com os alunos em casa. As configurações básicas podem incluir duas câmeras na sala de aula (uma para o professor e outra para os alunos) e uma tela para que os alunos da sala de aula possam ver os alunos remotos.

Se possível, mantenha um ambiente ventilado com as janelas abertas.

Fornece "estações de desinfecção", que podem incluir desinfetante para as mãos e toalhas de papel e desinfetantes para incentivar os alunos a manter suas carteiras limpas.

Faça as refeições na sala de aula e evite o máximo possível à aglomeração no refeitório ou prepare um refeitório como a imagem acima.

Use um espaço maior (como uma biblioteca ou terraço) para acomodar mais alunos.

Nesse caso, o uso de quadros brancos móveis e suportes de TV móveis podem ajudar a fornecer ferramentas de apoio aos professores.

Invista em soluções que facilitem a mobilidade para transformar facilmente qualquer ambiente em sala de aula. Você pode usar móveis que são fáceis de transportar e podem ser usados em diferentes layouts.

Em áreas comuns se deve fazer:

As áreas de circulação e convivência também podem ser modificadas para evitar agregação. Algumas medidas que podem ser tomadas:

Crie uma escala para garantir que todos os alunos tenham acesso às instalações físicas da instituição e avalie quais atividades se beneficiam do uso do espaço físico e quais atividades se beneficiam do ambiente online.

Crie horários diferenciados para uso dos pátios para evitar o contato entre alunos em turmas diferentes.

Cada turma possui horários de chegada e saída diferentes, evitando assim o contato entre alunos de turmas diferentes.

Na área de circulação, o uso de fluxo unilateral evita o contato face a face com as pessoas, e pode ser facilmente alcançado com a instalação de placas no chão.

Aumente a frequência de limpeza em todos os ambientes da organização.

Todos os materiais são fornecidos para garantir a higiene das mãos, sendo melhor utilizar o acionamento automático ou pedal.

Monitore a temperatura de todos e use uma máscara.

Marque áreas no chão para facilitar a distância.

Áreas administrativas e sala de professores

Use partições altas (maiores que 1,60 m) para criar uma área de trabalho separada. Use o quadro branco ativo como um divisor para criar espaço de escrita na área de trabalho. Aumente o espaço de armazenamento de materiais e pertences pessoais para evitar viagens desnecessárias. Mude a localização da mesa para aumentar o espaço entre os funcionários. Mude a direção da mesa para evitar o contato face a face. Tome todas as medidas de higiene das mãos e use máscaras.

 

Em casa, para professores.

Use o monitor adicional para visualizar o conteúdo de um aluno e o conteúdo de outro aluno ao mesmo tempo.

Em relação à câmera ou às ferramentas do quadro branco virtual, o quadro branco está em uma boa posição.

Uma boa iluminação pode garantir uma melhor qualidade de imagem. Para os educadores, a melhor localização é em frente ou ao lado da janela, nunca se afastando da janela.

Estantes de livros bem colocadas fornecem aos educadores espaço para armazenar suportes ou materiais de referência e decorações para ajudar a criar um ambiente mais confortável.

Uma cadeira adequada com ajuste de altura e apoios de braço pode criar um ambiente de trabalho mais confortável.

O uso de uma mesa ajustável em altura permite que os professores se sentem com flexibilidade ao preparar aulas ou relatórios, e se levantem ao interagir com os alunos ou usar o quadro-negro.

Em casa, para estudantes.

 

Um espaço apropriado para o aluno estudar deve conter mesa para estudo uma cadeira adequada pode criar um ambiente de estudo mais confortável.

Uma boa iluminação pode garantir uma melhor qualidade de imagem. Para os alunos, a melhor posição é em frente ou próximo à janela, em vez de ficar de costas para ela.

Procure um ambiente com bom isolamento acústico para reduzir a interferência de outras atividades internas.

 

moveis escolares, moveis para escolas, moveis para escolas infantil, conjunto escolares, mobilia escolar, carteira para escola, mesa escolar, cadeira escolar

 

 

Curta Nossa Página

Dúvidas e orçamentos ?


Nosso Endereço

Rua Tiradentes, 371 - Centro, Espírito Santo do Pinhal - SP
CEP: 13990-000

Olá, posso ajudar?